como aumentar o faturamento do meu e-commerce

Como aumentar o faturamento do meu e-commerce?

Você já montou seu e-commerce e encontra-se diante do maior desafio, que é fazer com que ela aumente o volume de vendas e cresça. Aumentar o faturamento online é possível e pode se tornar uma realidade no seu ambiente online desde que sejam adotadas algumas estratégias que vamos discutir nesse texto.

Um e-commerce precisa de muito mais do que apenas existir no cenário online. Detalhes como a escolha do layout, por exemplo, podem ser decisivos para deslanchar as vendas da sua loja virtual ou condená-la de vez ao esquecimento.

Para ajudá-lo a não deixar que isso aconteça com seu negócio, preparamos esse texto com informações e dicas para aumentar seu faturamento online. Confira.

Invista em um layout profissional

Talvez você não saiba, mas o layout de um e-commerce vai muito além da aparência. O visual é importante e a primeira impressão que ele causa deve ser considerada. Porém, durante a permanência do consumidor, alguns fatores podem – ou não – influenciar sua decisão de compra.

Que fatores são esses? O que um layout profissional pode fazer para ajudar a aumentar seu faturamento online?

Atenda as expectativas do seu público-alvo

É um erro acreditar que apenas ter uma loja online é suficiente para gerar vendas. O primeiro passo para criar um e-commerce com uma boa taxa de conversão é garantir que ela atenda às expectativas do seu público-alvo.

É importante também que seu e-commerce passe segurança e destaque seus diferenciais, além de ter sinergia com a identidade da sua marca. Um layout de qualidade permite isso.

Ofereça funcionalidades que facilitem a usabilidade

Um dos pontos que merece mais destaque em uma loja virtual é a usabilidade. Não adianta ser atraente se o consumidor encontra dificuldades na navegação. É importante que a navegação seja fluida e permita que o cliente utilize poucos cliques no processo de compra. Isso evita que ele pense muito durante a jornada de compra e desista no meio do caminho.

Inclusive, de acordo com um estudo publicado pela Nextopia , a taxa de abandono de carrinhos nas lojas virtuais chega a 67%. Esse abandono pode ser resultado de diversos fatores e entre as mais comuns estão a burocracia no processo de finalização de compra e a dificuldade de navegação.

Possua ferramentas de SEO para gerar tráfego orgânico

Hoje em dia, o Google é o maior gerador de tráfego orgânico e não há como fugir disso. Sendo assim, a melhor saída é se unir a ele. É aí que entra a importância da implantação de uma estratégia bem estruturada, com o objetivo de tornar o site amigável aos robôs do Google que buscam e avaliam sua loja.

Com essas ferramentas, seu e-commerce será melhor indexado e gerará tráfego orgânico. Isso é feito por meio de uma estrutura HTML feita com o propósito de garantir a melhor indexação aos robôs do Google, possibilitando que sua loja virtual cresça em número de consumidores.

Como você espera ter resultados consistentes, é importante contar com a parceria de uma consultoria especializada em SEO para e-commerce. Com amplos conhecimentos e cases na área, ela será responsável por planejar, executar e monitorar sua estratégia e atrair, assim, potenciais clientes.

Tenha um layout responsivo

Com o aumento do uso de smartphones e tablets nos últimos anos, uma coisa é certa: o mobile será o futuro das compras online. Nesse contexto, é imprescindível se antecipar e adaptar seu e-commerce para essa tendência que, inclusive, já é realidade.

Esse tipo de layout permite que todas as funcionalidades do site se ajustem às telas de dispositivos móveis e seja tão agradável quanto no desktop. Isso, com certeza, possibilita um maior número de compras.

Escolha uma plataforma de e-commerce robusta

Para alcançar os resultados esperados, é fundamental usar uma plataforma robusta, ou seja, que aguente picos de acesso (como em Black Fridays), ofereça grande leque de fornecedores e, claro, suporte seu crescimento.

A Maeztra é especializada em Consultoria, Desenvolvimento, UX Design e Vendas para e-commerce. Quer saber mais? Entre em contato conosco.

On Trend

Nossos Insights