Marketplace e as mudanças de comportamento online

Entenda como ações online direcionadas podem contribuir para suas vendas

Toda mudança forçada de hábito vem acompanhada de uma série de ações que a acompanham. Algumas são sazonais, mas outras permanecem. Com a restrição de locomoção advinda da quarentena, o comportamento de consumo mudou várias vezes durante esses últimos meses, especialmente no ambiente online. Por conta disso, categorias que não eram tão procuradas até um passado recente tiveram um aumento considerável de interesse e, consequentemente, de compras. No início, a procura por itens de higiene, como álcool gel e sabonetes, tiveram um aumento expressivo, fazendo que campanhas fossem direcionadas para seguir essa demanda. 

De fato, outros produtos do segmento farma, como artigos para bebês, também tiveram aumento considerável de buscas e compras online durante os primeiros meses de pandemia, assim como energéticos e termômetros, conforme mostra pesquisa da Nielsen. Esses números demonstram não apenas o aumento de procura por itens específicos, mas nas vendas de compras online no geral. Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), houve um aumento de 30% nas vendas pela internet durante as duas primeiras semanas de abril. E os números continuam crescendo. 

Isso se deve, principalmente, por conta do consumidor ter adotado o ambiente online de forma permanente, e não apenas para um ou outro item. Dessa forma, demais produtos e serviços também passaram a ter aumento de procura e vendas conforme novos hábitos passaram a fazer parte do cotidiano. Com o home office, notebooks e móveis ficaram em alta com o movimento de todas as empresas começarem a adotar essa modalidade. Essa variedade de buscas por diversos segmentos no ambiente online mostra também a importância de ações dentro da plataforma Marketplace. 

Artigo da Valor Investe mostra que os principais marketplaces, como Mercado Livre e OLX, tiveram crescimento significativo de buscas e vendas para produtos de diversas categorias.  No Mercado Livre, por exemplo, os pedidos no Brasil cresceram 39% entre o final de abril e começo de maio em relação ao mesmo período do ano passado. Além disso, o número de novos compradores aumentou 28%. Dentre os produtos com maior alta, temos desde máscaras faciais até fones de ouvido e eletrodomésticos, passando por camisetas e moletons, ferramentas e suplementos alimentares. Já a OLX registrou aumento maior em produtos como videogames e computadores e acessórios. 

Tudo isso significa que, mais do que a busca por um item ou um segmento, o ambiente online cresceu em todos os sentidos. Portanto, quanto mais seu produto for visto, mais chances de aumentar suas vendas. O Marketplace, assim, é fator chave para isso, seja para busca de novos clientes ou para reforçar valores da marca. Isso passa por uma boa gestão, organização, estratégias e soluções para tornar o uso da plataforma o mais eficiente possível para sua empresa.

On Trend

Nossos Insights