fbpx

Unified Commerce: entenda o que é e como funciona

Conheça o formato de compras que coloca a experiência do cliente em primeiro lugar

O ambiente online está em constante evolução e isso fica ainda mais evidente quando pensamos em e-commerce. Muito mais do que vender produtos na rede, as marcas também precisam entender que a experiência da compra conta e muito. Hoje, os varejistas devem fornecer uma experiência de compras muito mais ampla e personalizada em todos os canais para ter sucesso. 

Para isso, empresas estão implementando novas tecnologias e avanços de planejamento para administrar seus negócios com mais eficiência. Porém, é uma tarefa desafiadora fazer com que diversos aplicativos, soluções e sistemas interajam perfeitamente uns com os outros.

Sendo assim, empresas estão começando a utilizar apenas uma plataforma para controlar todos os seus aplicativos e sistemas de vendas, assim como coletar dados e extrair percepções valiosas. Esse processo é chamado de Unified Commerce, ou comércio unificado, e provavelmente se tornará o principal facilitador para as empresas de varejo em breve.

O que é Unified Commerce?

Dessa forma, o “comércio unificado” significa combinar dados de clientes e produtos para que os varejistas possam fornecer informações e ofertas precisas e relevantes para cada consumidor. 

Antigamente, o comércio baseava-se em canais de vendas isolados. Hoje, a maioria dos varejistas utiliza o que é conhecido como modelo de comércio omnicanal. No entanto, este modelo já não consegue resolver todas as inconsistências que podem atrapalhar uma jornada de compras. É por isso que a demanda pela abordagem de comércio unificado está ganhando força.

Simplificando, você obtém uma plataforma que integra dados de produtos, perfis de clientes e funções de gerenciamento de retalho de back-office. Com isso, consegue dar mais enfoque na experiência do cliente.

A experiência do cliente é a prioridade

O comércio omnichannel evoluiu para atender às crescentes preferências dos consumidores por conveniência, seleção de produtos e opções de como desejam comprar, seja na loja física, em um computador ou mesmo pelo celular ou tablet. 

Embora o omnicanal tenha começado como uma forma de os varejistas tradicionais competirem com as empresas online, algumas marcas de e-commerce também descobriram os benefícios do showroom e do serviço presencial das lojas físicas.

Por conta disso, os clientes esperam agora experiências de compra omnicanal perfeitas. Consumidores querem alternar entre os canais durante a jornada de compra sem perder seu lugar ou ter que inserir dados novamente. Da mesma forma, desejam que os varejistas com os quais já compram os reconheçam como clientes e entendam suas necessidades.

Assim, o Unified Commerce permite aos varejistas:
  • monitorar a função de todo o negócio
  • obter informações do cliente e do produto de todos os pontos de contato em tempo real
  • analisar dados e convertê-los em insights valiosos
  • tomar as decisões certas com base em dados relevantes
  • entregar uma experiência personalizada ao cliente

Além do omnichannel

Esse tipo de abordagem ajuda as empresas a se livrar de aplicativos isolados e eliminar silos entre departamentos.

Uma plataforma de Unified Commerce é baseada em tecnologias inteligentes. Usando machine learning, inteligência artificial e análises sólidas, os varejistas podem acessar dados precisos e relevantes a qualquer momento e até mesmo fazer previsões para eventos futuros. Ou seja, está além do Omnichannel.

A abordagem do comércio omnichannel parecia uma versão aprimorada do comércio multicanal, o método de venda de mercadorias por meio de vários pontos de contato físicos e digitais não acoplados. O Omnichannel, então, integrou entidades separadas em um sistema coerente e organizou o processo de troca de dados entre elas.

No entanto, o omnichannel não conseguiu completar todo o percurso e algumas funções de negócios de varejo ainda exigiam operação manual, o que gerou ineficiências e atrasos no tempo.

A ideia do Unified Commerce surgiu justamente como resultado do reconhecimento da indústria pela necessidade de mais desenvolvimento e melhorias. Eliminar as lacunas de experiência do cliente na estratégia omnichannel é um dos principais motivos pelos quais tantos varejistas estão buscando evoluir para uma nova solução.

Cruzando informações para atender melhor

O Unified Commerce também requer a combinação de contas de clientes online com históricos de compras na loja física para criar uma visão única do comportamento do cliente. Com isso, um varejista pode oferecer experiências consistentes e personalizadas em todos os canais para que os clientes não fiquem frustrados e sigam em frente.

As marcas, com isso, podem analisar os dados de seus clientes de forma unificada para entender como eles se comportam em cada canal. Eles estão pesquisando em seus dispositivos móveis e comprando na loja ou estão concluindo toda a jornada de compra online? Estão usando seus smartphones para pesquisar no e-commerce enquanto estão na loja física? Essas informações são a chave para dar aos clientes o que eles desejam em todos os canais e, dessa forma, aprimorar sua jornada de compra.

Ao reunir os dados em um único fluxo e analisá-los para entender o comportamento do cliente, os varejistas podem fechar as lacunas na experiência omnichannel. Isso pode ajudá-los a permanecer competitivos em um ambiente de mudanças rápidas, onde a experiência do cliente é um fator decisivo.

A Maeztra possui ampla experiência e equipe especializada em UX, Professional Services, Consultoria Estratégica e Desenvolvimento, assim como da plataforma VTEX, para apresentar as melhores soluções para empresas que já atuam em omnichannel ou que precisam evoluir seus negócios. Fale conosco e veja como podemos ajudar sua marca.

notícias e insights

Confira as principais novidades da Maeztra e também do mundo do e-commerce.