fbpx

UX antes de CRO: entenda por que os dois são complementares.

Garantir uma boa UX antes de realizar um trabalho de CRO é importante para empresa e consumidor.

Em nosso artigo “CRO x UX: entenda a diferença entre os dois”, explicamos como as duas metodologias atuam de forma independente e por que são importantes para todo e-commerce. Ainda que ambas possam ser, efetivamente, realizadas individualmente, existe uma linha lógica que aponta: antes de fazer o trabalho de CRO, um trabalho forte de UX pode ajudar – e muito – a melhora dos seus indicadores de performance, e consequentemente conversão.

Quando os usuários acessam um site, esperam que seu design, funcionalidades e fluxo os orientem de forma clara e intuitiva. Caso essa experiência do usuário corra bem, é possível fazer com que o processo de conversão ocorra sem atritos e, portanto, podemos afirmar que uma UX bem feita é primordial para que o trabalho em CRO seja ainda mais proveitoso.

Ao otimizar um site, é preciso se perguntar por onde começamos, o que queremos testar, como e quais aprendizados esse processo pode nos trazer.

O site não pode ter erros, precisa ser rápido o suficiente e estar livre de bugs. Portanto, precisamos ter certeza de que não há problemas técnicos com o site. Essa é a primeira parte que olhamos. Depois, é preciso entender se o site pode ser usado em qualquer dispositivo, como tablets, aparelhos móveis, laptops, etc. Além disso, o e-commerce está com problemas de usabilidade? É fácil intuir como o site deve ser utilizado? Se for difícil, muitas pessoas irão desistir. 

A jornada do cliente passa por todos esses passos e só então, finalmente, vamos para a próxima camada, a da persuasão, onde o objetivo principal é melhorar a motivação do usuário. É aqui onde, geralmente, há maior retorno sobre seus esforços de otimização. Porém, as chances de que tudo funcione aumentam e muito. 

Por que UX antes de CRO?

Dessa forma a otimização não é feita a partir de informações aleatórias. Antes de entrar em táticas de conversão, é preciso se certificar de que o site funciona e é fácil de usar. O motivo é simples: as pessoas não comprarão de seu site se ele estiver quebrado ou for difícil de usar.

Conforme os usuários interagem com o site, sua experiência começa a influenciar a opinião geral sobre o e-commerce. Por isso, entender se é possível navegar sem problemas e acessar facilmente as informações procuradas é essencial. Da mesma forma, é preciso saber se o conteúdo e a experiência do usuário estão de acordo com o que é oferecido. Usando UX e executando testes para coletar informações visuais baseadas em dados, é possível fazer com que as pessoas tomem as ações desejadas no momento certo, algo que, na maioria dos casos, significa conversão.

É por isso que UX e CRO devem trabalhar juntos. Não apenas para fornecer aos usuários o que eles procuram, mas também para fazer essa entrega de uma maneira agradável, eficiente e sem erros. Porém, para que as duas ações possam ser ainda mais efetivas, o UX pode ajudar ainda mais nos esforços feitos com a otimização da taxa de conversão (CRO). Por isso, ao ser realizado antes, acaba dando mais subsídios para que a metodologia CRO seja aplicada com mais informações que fazem a diferença no resultado final. 

Nosso objetivo com o CRO é avaliar continuamente toda a jornada do cliente e encontrar maneiras de ajudar os visitantes a alcançar seus objetivos. Caso feito corretamente, esse processo de pesquisar seu público-alvo, encontrar os vazamentos no funil e testar novas variações em formato Teste A/B leva a novos clientes. Não só isso, como aumenta as taxas de retenção ao tornar clientes mais fiéis que, como resultado, aumentam as taxas de conversão, receitas e fazem o negócio crescer.

Ações fundamentais

Então, como a UX pode ajudar? Usamos os métodos principalmente para entender as motivações mais profundas dos usuários. Ao obter esses dados, você terá acesso a percepções mais pessoais e humanas sobre o que alguém deseja da sua loja online. Por exemplo, se o e-commerce mostra uma variedade de jeans, cores, preços e cortes, como sabemos quais dessas partes do conteúdo são importantes e valiosas para o usuário? 

Aqui, usamos o que é chamado de “testes de usabilidade” e “mapa de empatia”, que são técnicas frequentemente usadas pelos times de UX UX para reunir insights de usuários reais sobre como melhorar um site. 

À medida que passam por uma etapa da jornada, fazemos perguntas para entender “por que” estão realizando certas ações.  Compreender as interações do usuário nesta profundidade não apenas ajuda a desenvolver melhores layouts de página, mas facilita o entendimento em como executar as muitas variáveis ​​em jogo.

Essas ações são fundamentais pois, quando iniciamos as análises para otimizar a taxa de conversão, os dados coletados são usados ​​para aumentar a compreensão do time de CRO sobre o perfil do consumidor e sugerir testes  e alterações em um e-commerce. 

Quanto mais entendermos por que os usuários não estão convertendo, entregar uma solução se torna uma tarefa muito mais rápida e “cirúrgica” e, portanto, não temos que adivinhar, mas sim atacar os pontos de fricção e dores. Portanto, ao realizar o UX antes de aplicar a metodologia CRO, temos em mãos dados muito mais robustos e precisos ao realizar as análises. Algo que faz toda a diferença. 

Na Maeztra, temos uma equipe dedicada na realização tanto de UX Design quanto de CRO. Isso possibilita um trabalho completo, de ponta a ponta, com as mesmas pessoas, algo que facilita as entregas e também torna todo o processo mais preciso e confiável. Fale conosco e veja o que podemos fazer por seu negócio.

notícias e insights

Confira as principais novidades da Maeztra e também do mundo do e-commerce.

notícias e insights

Confira as principais novidades da Maeztra e também do mundo do e-commerce.

notícias e insights

Confira as principais novidades da Maeztra e também do mundo do e-commerce.